• Chegou o volume 5: Zé Ramalho

    Lançado em livro o programa A PELEJA DO DIABO COM O DONO DO CÉU, onde Zé Ramalho conta o começo da carreira, suas influências, a batalha para gravar os primeiros discos e explica como nasceram clássicos como “Avôhai”, “Admirável gado novo” e “Frevo mulher”.

  • O projeto

    Uma conversa com Charles Gavin sobre o lançamento do projeto O SOM DO VINIL — a publicação, na íntegra, das entrevistas feitas para o programa do Canal Brasil, em site e livros.

    Som do Vinil EM LIVROS

    Lançados os primeiros títulos da série SOM DO VINIL — O CLUBE DA ESQUINA de Lô Borges e Milton Nascimento, ACADEMIA DE DANÇAS, de Egberto Gismonti; NERVOS DE AÇO, de Paulinho da Viola e QUEM É QUEM, de João Donato.
    Kit 4 livros e pôster à venda aqui.

  • Pepeu Gomes

    Aos 17 anos eu tocava baixo, foi quando conheci Gil, que me chamou para acompanhá-lo no Barra 69, antes de serem expulsos do Brasil, ele e Caetano. Fui morar com o Gil e ele me deu um disco do Jimi Hendrix. Fui dormir baixista e acordei guitarrista”.

  • Video Resenha

    Video resenha dos primeiros livros da série Som do Vinil.

  • Playlist SOM DO VINIL № 1

    Ouça no Spotfy a a primeira lista do O Som do Vinil, com as músicas que inspiraram e foram inspiradas pelos 4 primeiros LPs publicados em livro.
    Destaques para
    — a (quase) inédita “ROENDO AS UNHAS” de Paulinho da Viola no censurado show dos Direitos Humanos.
    — “O…

  • Essencial

    Quando falamos da dificuldade, pensamos na complexidade, mas aqui tem a ver com simplicidade, característica fundamental da bossa nova. Como diz o Tom, no Chega de Saudade: fazer a orquestra, o violão ser simplesmente o João. Acho que tive trabalhar muito para chegar nessa simplicidade exigente, essencial.

  • O Grande Circo Místico

    Assista trecho do episódio O GRANDE CIRCO MÍSTICO no Canal Brasil.

  • Elucidações

    Essas letras vieram na semana que passei no Rio de Janeiro em que tive uma uma inspiração muito grande, por conta das dificuldades pelas quais estava passando. Muita gente diz que quando você está com fome, tem elucidações.
    ZÉ RAMALHO

    Marcha da quarta-feira de cinzas

    Muita gente pensou que fosse uma contestação à ditadura! Não é uma canção de protesto, é uma canção de premonição. Estava adivinhando que vinha uma coisa estranha. Diz o Ezra Pound que os poetas são antena da raça. O Vinícius tinha uma antena incrível.
    CARLOS LYRA

    Bancário

    Rosa de ouro foi 1965. No começo de 1964, eu ainda trabalhava em um banco. Já tocava, mas adorava minha condição de amador, de tocar nas rodas de samba. Meu projeto de vida era totalmente diferente.
    PAULINHO DA VIOLA

  • ZiCartola

    Hermínio Bello de Carvalho, Nelson Cavaquinho e Zé Keti no Zicartola. Assista o trecho do episódio Opinião, no Canal Brasil.